A função IPGTO calcula o pagamento de juros, durante um período específico de empréstimo, ou investimento, que é pago em pagamentos periódicos constantes, com uma taxa de juros constante.

 

Sintaxe (fórmula simplificada):
IPGTO(taxa de juro; período/número de prestações ; total de prestações ; montante em dívida)

Por exemplo para um empréstimo de 80 000€ à taxa anual de 3,35% com 180 prestações, o juro de cada prestação é de: =IPGTO(3,35%/12; 1; 180; 80000)=-223,33. O que significa que em cada prestação vai abater de juros 223,33€.

 


EXEMPLO:


Digite a fórmula: